25 de jun de 2014

Guaranis Race 2014 **Vídeo da Prova

Fala galera!!!

O blogueiro norte americano Ed on The Road, esteve presente na Corrida Guaranis Race 2014 e filmou um pouco dessa grande aventura, o vídeo ficou show.

24 de jun de 2014

Corrida Guaranis Race **Boracéia

Matéria publicada no site #Webrun

Fonte: http://www.webrun.com.br

Corrida é marcada por cultura indígena e muita lama

Confira como foi a Guaranis Race na Praia de Boracéia, em São Paulo

Quem se aproximava da Aldeia Rio Silveiras já sentia o tom da prova. A chuva dos últimos dias preparou um caminho de muita lama para a Guaranis Race, que aconteceu na Praia de Boracéia, litoral de São Paulo.

Os atletas iniciaram os 13 quilômetros de percurso em trilhas cercadas pela Mata Atlântica com uma benção do cacique Taruan, atravessaram o Rio Silveiras, escorregaram algumas vezes e enfrentaram muita sujeira pelo caminho.

Enquanto aguardavam o fim da corrida, amigos e familiares puderam comprar produtos artesanais, experimentar as delícias da culinária indígena, pintar os rostos e também visitar a aldeia onde vivem os índios da etnia Guarani.

E quando todos já estavam imersos nessa troca de culturas, o corredor Lúcio Lopes dos Santos cruzou a linha de chegada como primeiro colocado da prova. "As trilhas foram bem puxadas, tinha muita lama e eu atolei algumas vezes, mas prova de montanha é isso, foi show de bola", afirma Lúcio.

No fim, cansados mas muito alegres, corredores e índios se divertiram e comemoraram juntos o sucesso da Guaranis Race.

Resultados:

Masculino Geral

1 lugar - Lúcio Lopes dos Santos - 364 - tempo 00:58:49
2 lugar - Nilton Lúcio Evangelista - 296 - tempo 01:03:34
3 lugar - Rafael Marrone Fonseca - 319 - tempo 01:04:30

Feminino Geral

1 lugar - Andreia Sekine Miranda - 191 - tempo 01:09:47
2 lugar - Cissa da Silva Pecca - 316 - tempo 01:12:01
3 lugar - Luzia Bello - 259 - tempo 01:13:08



19 de jun de 2014

Treino na Serra do Mar **Itutinga Pilões

Fala galera!!!

Neste feriado do dia (19) participei do treino da galera "Runners From Face".

O tradicional desafio na Serra do Mar (Itutinga Pilões).

Sendo 22 km de subidas e decidas insanas, num dia chuvoso e com muita neblina.

O treino foi showwww
Confiram algumas imagens>>>

















18 de jun de 2014

2º Circuito 10km do Guarujá - 3ª Etapa

Fala galera!!!

No último Domingo, (15) de Junho participei da terceira etapa do Circuito de 10 km do Guarujá, a prova foi realizada na praia “Pitangueiras”, a qual teve sua estrutura montada próximo ao Shopping Center La Plage.

Saí cedo de Praia Grande, uma parada em Santos para o café e por volta das 7 horas já estava em Guarujá, deixei meu carro estacionado na Av. Puglisi e fui retirar meu kit de participação, também aproveitei o momento para rever grandes amigos. A Mariane quis ficar no carro se arrumando, quando voltei, a pessoa estava até sonhando, essa gosta de dormir rs.

Nessa prova, corri os 10 km e a Mari fez um treino de 5 km, a largada da corrida foi sentido a Praia das Astúrias, no meu primeiro km passei a 3’25, olhei um pouco mais a frente e vi a atleta Angelina das Graças, e mantive ao lado dela boa parte da prova, antes do 2º km uma pequena subida íngreme e em seguida a descida, foram menos de 400 metros, quebrando um pouco do ritmo, depois seguimos pela mesma avenida até o retorno do 2,5 km, onde fazia um contorno numa pequena praça, e a volta pela areia, somente voltamos para a avenida, poucos metros antes daquele trecho de subida, e para finalizar a primeira volta uma reta onde tive companhia dos amigos Ricardo Nunes, Álvaro Balbino, Willian e Aristides Robinho, grandes feras do pedestrianismo, todos com um pace muito parecido, a galera que foi para os 5 km passava pelo pórtico, no meu caso, fazia um novo retorno para a areia da praia seguindo até o 7,5 km, no final da praia fazia o mesmo retorno na praça e os últimos 2,5 km iguais ao da primeira volta, estava sempre buscando os atletas que estavam a frente, fui melhorando a cada km e na reta final um sprint para fechar a prova em grande estilo, e o mais importante é que fui #campeão da categoria.

Aproveito para agradecer a Deus pela oportunidade e mais uma corrida concluída, também agradeço aos meus parceiros que me proporcionam momentos como estes, são eles o grande amigo Juninho Chapéu, empresa Ouro Luso e Equipe Ratos Cansados.

Obrigado galera!

11 de jun de 2014

1ª Ultra Maratona Internacional do Guarujá 24hs

Fala galera!!!

Estou publicando esse post com certo atraso "6 meses" e que também ficou um pouco longo, mas espero que curtam e confiram tudo o que aconteceu na 1ª Ultra Maratona Internacional do Guarujá, prova realizada nos dias 14 e 15 de Dezembro de 2013, na praia da Enseada.

Resolvi compartilhar esse relato, pois tenho percebido que muitos atletas, assim como eu estão pulando todas as etapas, muitos estão saindo dos 10 km e passando direto para as ultra maratonas sem ao menos fazer uma meia maratona ou até mesmo a maratona.

Falo por mim, fiz isso tudo de forma precoce, pulei muitas etapas, fiz uma ultra de 50 km antes mesmo de completar uma Maratona, e em seguida já encarei de frente uma ultra de 24 horas em dupla, média de 12 horas para cada atleta.

Quando decidi fazer essa loucura, procurei outro louco rs e sem questionar ele topou na hora, bom muitos já sabem que esse louco é meu grande amigo Gian running e hoje é um grande ultramaratonista, após realizarmos a inscrição, comentei com alguns atletas e não tive a aprovação por grande parte dos colegas, muitos alegando que estaria precocemente, mais na empolgação segui com o projeto #ultra2013.

A grande maioria dos atletas em inicio de competições sempre buscam melhorar tempos, e conseqüentemente aumentar as distancias, na época meu condicionamento físico estava excelente, completava as provas de 5 km abaixo de 17 minutos, e as de 10 km para 37 minutos, e o que mais me disseram foi, "não faz isso, você vai ficar lento", "ultra maratonas arrebentam com o corpo", "a recuperação é lenta" e por ai vai... mais coloquei na cabeça e estava disposto a testar meus limites e saber até onde poderia chegar.

Espero de coração que esse relato sirva de lição e aprendizado para os amigos, pois o objetivo do blog é a troca de informações sobre o mundo das corridas.

Por se tratar de uma prova no litoral de São Paulo, não houve necessidade de nos hospedar em hotel ou pousada, vale lembrar que o horário da largada foi fundamental para o descanso no dia anterior, marcado para começar as 10 horas da manhã, não precisamos acordar de madrugada, mais chegamos cedo ao local, aproveitamos para montar nossa barraca, que serviria de suporte e descanso nas próximas 24 horas de competição, de cara encontramos grandes feras e ultramaratonistas, que por sinal já estavam competindo na distância de 48 horas, verdadeiros #ultra loucos, também recebemos o apoio do grande amigo e ultra Ariovaldo mais conhecido como "Ary", que nos incentivou nas primeiras horas, montamos a seguinte estratégia, trocas a cada 1 hora e na madrugada vamos pra cima, triste ilusão rs, o primeiro a largar foi o Gian, que em sua primeira hora correndo, fez cerca de 12 km, fizemos a troca, acostumado a correr forte, comecei fechando meu primeiro km a 4’20, e assim sucessivamente, nesse ritmo fomos até 10 horas de prova, foi quando simplesmente o corpo travou, naquele momento percebi que não estava preparado o suficiente para tal desafio, e que também contou com a falta de experiência em provas longas, havia chego no meu limite antes do término da prova, confesso que a minha vontade naquele momento era abandonar e desistir, mas também sabia da responsabilidade de fazer dupla com um cara totalmente dedicado e aplicado, não podia abrir mão e abandoná-lo sozinho, foi quando comecei a correr no sacrifício, com doze horas de prova, não conseguia mais me alimentar direito e estava muito mal, não conseguia repor e com isso era perceptível o meu abatimento, alias chegou a um ponto que forcei pra tomar um copo de coca-cola e botei tudo pra fora, com 14 horas de prova, começaram as cãibras por todo o corpo, mal conseguia trocar o tênis, abaixava e sentia a fisgada, dei uma olhada nas parciais (resultados) e estávamos liderando a prova com certa folga, não tive outra escolha senão andar, mais quando digo andar é andar mesmo, literalmente caminhei, o pessoal que vinha na segunda colocação pouco a pouco foi tirando a diferença, perguntei ao Gian e ai como você está??? A resposta foi mano ainda consigo correr rs então sugeri, eu caminho mais tempo, a diferença que eles colocarem em mim, você tenta devolver, e assim aguentamos mais algumas horas no sufoco, chegou uma hora que não deu mais, Gian também estava mal, mais ainda assim estava melhor que eu, a nossa sorte é que os adversários deram uma maneirada e começaram a caminhar também, ufaaaaaa, fizemos amizade com eles e aproveitamos para caminhar juntos, com 20 horas de prova, amanheceu o dia e o sol volta a aparecer, a estratégia era que não tinha mais estratégia, segurar até onde desse, e se preciso no final, puxar forte, kkkk, neste momento a dupla que estava na terceira colocação começa a trotar e buscar o resultado, pareciam que estavam inteiros, meu Deussssss, e nada de acabar a prova, estava andando 200 metros e trotava 300 metros, meu o joelho direito gritando, meu que loucura, assim fomos até a ultima hora, e faltando menos de 40 minutos para terminar nossa diferença era de 8 km ai ficamos mais tranquilos, mais sempre olhando as parciais, galera que sufoco, com 23:58 de prova, busquei meu parceiro, e juntos com as demais duplas, percorremos a ultima volta todos juntos, cruzamos a linha de chegada agradecendo a Deus, e ali para mim todos eram campeões, sem palavras pra descrever, um momento único, fechamos com 207 km sagrando-se campeões.


Resultado dessa loucura, foi 45 dias sem treinar, com dores nos pés e joelhos, e ainda busco retomar meu condicionamento, além da velocidade, minha dica é seguinte, não pule etapas, muitos desses ultramaratonistas treinam em média quase 150 km por semana, não arrisque, não fique sem correr por causa de lesões, ultra é algo que tem que se planejar, a sensação é magica, mais faça com consciência, treine muito, faça uma alimentação balanceada, busque dicas com quem entende do assunto.

10 de jun de 2014

Circuito das Praias **Etapa Itanhaém

Fala galera!!!

No dia (8) de Junho, participei do Circuito das Praias, a prova foi realizada na Cidade de Itanhaém (litoral de São Paulo), sendo disputada nas distâncias de 5 km (1 volta) e 10 km (2 voltas) em trechos de ruas asfaltadas, paralelepípedos, decidas em rampa, areia da praia e escadarias das praias.

Minha preparação não foi das melhores, no dia anterior fui a uma festa e tomei umas a mais “cerveja” retornando pra casa de madrugada sendo o descanso de apenas 3 horas. Já que peguei estrada as 6 horas na companhia do grande amigo Tatu.

Chegamos cedo ao local do evento, ainda com muita neblina que aos poucos foi dando lugar a um belo dia de sol, clima propicio a prática da corrida, logo de cara encontramos os amigos Eliseu, Cabral, Márcio, Iury, Lecão, Júlio, Adam, William e muitos outros.

A largada aconteceu as 8:30 horas, saí num ritmo excelente passando meu primeiro km a 3’31 já próximo ao segundo km percebi a presença do grande amigo Cabral e percorremos juntos a primeira volta, segue as parciais, 2 km 3’46, 3 km 3’53, 4 km 3’54 e no quinto km faltando 200 metros falei pro Cabral "meu brother vai pra cima" ele estava disputando os 5 km e eu tinha mais uma volta pela frente pra completar os 10 km, o filha da mãe ligou o turbo e fechou o 5 km pra 3’26 num ritmo alucinante, fiquei feliz pela companhia e saber que pude contribuir para ele melhorar o rendimento, passado os 5 km meu objetivo era outro, buscar o amigo Marcelo Adam que está na mesma categoria “foco nele” mais o cara ta correndo demais, eu apertei o ritmo e fui tirando a diferença km a km mas não foi o suficiente para ultrapassá-lo, conclui a prova com o tempo 38’14, na 13ª Colocação do Geral e Vice Campeão na categoria por faixa etária.

Com esse resultado permaneci na vice liderança do Ranking 2014, o líder Leandro Kacprzak chegou em terceiro e a diferença diminuiu para 7 pontos, manter o foco nas próximas etapas e buscar o título do Circuito.

Aproveito para agradecer meus parceiros: Juninho Chapéu pelo apoio e suporte nas competições, a empresa Ouro Luso parceira nas confecções de camisetas e tenda, Equipe Ratos Cansados marcando presença no evento, ao casal de amigos e fotógrafos Val e Nete Costama pelos registros fotográficos.